Sites Grátis no Comunidades.net
Oferendas para exus
Oferendas para exus

Frente de exu

. Exu Corcunda  e exu caveira 1 punhado de milho torrado, 7 batatas assadas, 7 pimentas recheada com carne moída e cozida, 1 apeté preto e vermelho, 7 xuxus com espinhos cozidos, 7 charutos, cachaça, fósforo. Onde Arriar o trabalho para Exú:  mato ou no cemitério

Após entregar a oferenda cantar o Ponto a este exú.

Aonde vai Corcunda, com Tatá Caveira, aonde vai Corcunda com Tatá Caveira. No portão do cemitério vou chamar João caveira'

 

Padê para exu
Ingredientes para a comida, agrado,, oferenda de Exú:

- 01 pcte. de farinha de milho amarela
- 01 vidro de azeite de dendê
- 01 cebola grande
- 01 bife
- 03 charutos
- 01 caixas de fósforo
- 01 garrafa de aguardente
- 07 pimentas vermelhas

Modo de preparo
: Em um alguidar coloque a farinha de milho e um pouco de dendê, com as mãos faça uma farofa bem fofa sempre mentalizando seu pedido. Corte a cebola em rodelas e refogue ligeiramente no dendê, faça o mesmo com o bife. Cubra o padê com as rodelas de cebola e no centro coloque o bife, enfeite com as sete pimentas. o padê não esquecendo dos charutos e da cachaxa;

 

 

 

 

 

A História de Zé Pilintra. Zé Pilintra uma entidade muito divertidada e altamente procurada para tirar alguém de uma enrrascada ou perigo. Conta-se que Zé Pilintra ( Jose Emerenciano)nasceu em Pernambuco, era filho de uma escrava forra com seu ex-dono, teve algumas oportunidades na vida. Trabalhou em serviços de gabinete, mas não suportava a rotina. Estudou, pouco, pois não tinha paciência para isso. Gostava mesmo era de farra, bebida e mulheres, não uma ou duas, mas muitas. Houve uma época em que estava tão encrencado em sua cidade natal que teve que fugir e tentar novos ares. Foi assim que Emerenciano surgiu na Cidade Maravilhosa. Sempre fiel aos seus princípios, está claro que o lugar escolhido havia de ser a Lapa, reduto dos marginais e mulheres de vida fácil na época. Em pouco tempo passou a viver do dinheiro arrecadado por suas " meninas", que apaixonadas pela bela estampa do negro, dividiam o pouco que ganhavam com o suor de seus corpos. Não foram poucas as vezes que Emerenciano teve  que enfrentar marginais em defesa daquelaque lhe davam o pão de cada dia. E que defesa! Era impiedoso com quem ousasse atravessar seu caminho. Carregava sempre consigo um punhal de cabo de osso, que dizia ser seu amuleto, e com ele rasgara muita carne de bandido atrevido, como gostava de dizer entre gargalhadas, quando nas mesas dos botecos de sua preferência.
Agrados de zé pilintra ;    ‘                                   
Comida de Zé Pilintra: carne seca com farofa ou escondidinho de macaxera, que é o mesmo que mandioca..acrescentar,pimenta,vermelha)
Bebida de Zé Pilintra: Cerveja branca bem gelada
Locais de vibração de Zé Pilintra: Subida de Morros, Cemitérios, bares, zonas portuárias, áreas boêmias
Cor de Zé Pilintra: Vermelho e Branco ou Preto e Branco, ou ainda somente o Preto

Bebia muito (Zé Pilintra), adorava o álcool, desde a cachaça mais humilde até o isque mais requintado. E em diversas ocasiões suas meninas o arrastaram praticamente inconsciente para o quarto de uma delas. Contudo, era feliz, ou dizia que era, o que dá quase no mesmo. Até que conheceu Amparo, mulher do sargento Savério. Era a visão mais linda que tivera em sua existência. A bela loura de olhos claros, deixava-o em êxtase apenas por passar em sua frente. Resolveu mudar de vida e partiu para a conquista da deusa loura, como costumava chama-la. Parou de beber, em demasia, claro! Não era homem também de ser afrouxado por ninguém, e uns golezinhos aqui e ali não faziam mal a ninguém. Dispensou duas de suas meninas, precisava ficar com pelo menos uma, o dinheiro tinha que entrar, não é? Julgava-se então o homem perfeito para a bela Amparo. Começou então a cercar a mulher, que jamais lhe lançara um olhar. Aos amigos dizia que ambos estavam apaixonados e já tinha tudo preparado para levá-la para Pernambuco, onde viveriam de amor. Aos poucos a história foi correndo, apostas se fizeram, uns garantiam que Emerenciano, porreta como erasia conseguir seu intento. Outros duvidavam Amparo nunca demonstrara nenhuma intimidade por menor que fosse que justificasse a fanfarronice do homem. O pior tinha que acontecer, cedo ou tarde. O Sargento foi informado pela mulher da insistente pressão a que estava submetida. Disposto a defender a honra da esposa marcou um encontro com o rival. Emerenciano ria, enquanto dizia aos amigos: - É claro que vou, ele quer me dar a mulher? Eu aceito! Vou aqui com meu amigo... - E mostrava seu punhal para quem quisesse ver. Na noite marcada vestiu-se com seu melhor terno e dirigiu-se ao botequim onde aconteceria a conversa. Pediu uísque, não era noite para cachaça, e começou a bebericar mansamente. Confiava em seu taco e muito mais em seu punhal. Se fosse briga o que ele queria, ia ter. Ao esvaziar o copo ouviu um grito atrás de si: - Safado! - Levantou-se rapidamente e virou-se para o chamado. O tiro foi certeiro. O rosto de Emerenciano foi destroçado e seu corpo caiu num baque surdo. Recebido no astral por espíritos em missão evolutiva, logo se mostrou arrependido de seus atos e tomou seu lugar junto a falange de Zé Pelintra. Com a história tão parecida com a do mestre em questão, outra
linha não lhe seria adequada. Hoje, trabalhador nos terreiros na qualidade de Zé Pelintra do Cabo, diverte e orienta com firmeza a quem o procura. Não perdeu, porém a picardia dos tempos de José Emerenciano. Sarava Seu Zé Pelintra!

 

 

 

Frente  do zé pilintra

 

Meio kg  de farinha de mesa
250 ml de dendê
1 cebola
1 linguiça calabreza
1 vela
1 garrafa de cerveja
1 maço de cigarro.

Pegue 2 pratinhos de papel (tipo para festa)
misture a farinha com o dendê (um pade de exú)
frinte parte do dendê que sobrar a linguiça calabreza cortada em rodela, e corte a cebola em rodelas também para fritar juntos.
- divida nos dois prato e coloque a mistura da farinha com dende (padê).
pegue as rodelas de linguiça e divida também entre os dois pratos.
leve tudo em um pé de morro, arcos da lapa, esquina que tenha um bar, esquina de pé de morro (onde haja favela) e arrei em um pe de um poste (luz mesmo) peça o que quer, acenda a vela, acenda 3 cigarros, faça seus pedidos (sopre a fumaça nos pratos, com seus pedidos), abra a garrafa e ofereça a Zé pelintra e toda malandragem;

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Frente  do exu tranca rua

 

FARINHA CRUA.

AZEITE-DE-DENDÊ.

1 CEBOLA GRANDE.

1 ALGUIDAR.

FEIJÃO FRADINHO.

7 MOEDAS CORRENTES.

1 GARRAFA DE CACHAÇA.

7 BIFES DE RÊS SEM NERVO E SEM GORDURA.

7 PIMENTA UNHA DE MOÇA.

1 CHARUTO.

1 CAIXA DE FÓSFORO.

7 VELAS VERMELHAS.

1 METRO DE *MORIM VERMELHO.

 

Cozinhe o feijão fradinho,e após cozido reserve.

Faça um *padê ,coloque no alguidar e ponha por cima rodelas finas de cebola.e coloque o feijão fradinho por último.Coloque os 7 bifes passados no dendê por cima do feijão.Cubra com as 7 moedas,leve a uma encruzilhada aberta,e entregue a seu exu.

Deixe ao lado a garrafa de cachaça aberta após ter saudado derramando cachaça no chão em forma de cruz.Acenda o charuto e coloque em cima da caixa de fósforo semi aberta.

Melhor dia é 2ª feira após 21 hs.

 

EXUS QUE TRABALHAM NO CEMITÉRIO

 UMA BANDEJA OU ALGUIDAR-

  • UM BIFE CRÚ DE CARNE DE PORCO-
  • FARINHA DE MANDIOCA-
  • UMA CEBOLA ROXA-
  • AZEITE-DE-DENDÊ-
  • PIPOCA-
  • MILHO DE GALINHA-
  • UMA GARRAFA DE CACHAÇA [GARRAFA DE VIDRO]-
  • UM COPO DE VIDRO ,BRANCO,SEM USO
  • UMA CAIXA DE FÓSFOROS
  • UMA VELA VERMELHA
  • UMA VELA BRANCA
  • UMA VELA PRETA.

 FOLHA DE MAMONA ROXA.

 

Para efetuar este agrado deverá fazer uma farofa crua de mandioca com dendê,misturar bem. Lambuzar o bife nesta farofa como se fosse à milanesa.

Forrar o fundo do alguidar ou bandeja com folhas de mamona roxa.Na falta da folha de mamona utilize papel de seda preta.Colocar a farofa no fundo,em seguida colocar o bife de carne de porco.

Enfeitar o prato com as pipocas e o milho de galinha assado,repare que refiro ao milho de galinha assado e não queimado como muitos colocam.Asse o milho no forno até ele cheirar como se fosse um bolo de milho,e na cor dourado-alaranjado. Ok? Continuando...colocando quatro rodelas de cebola roxa nas pontas do prato, enfeitando.

Na quarta-feira você pode despachar este ebó na morada principal dos exus, ou seja, no cemitério, ao lado do primeiro túmulo preto a esquerda da entrada, neste momento sim, acenda sua vela preta, chame 7 vezes o exu Sergulath, após agradeça depois faça seus pedidos.

Se não for possível você *arriar no cemitério,arreie em uma campina,afastada de árvores.

Este agrado tem como finalidade acalmar,e pedir ajuda principalmente para abrir caminhos quando são trancados por macumba,independente da entidade que tenha contra você.

 




 

ACHE PRA LINGUARUDO

1 LÍNGUA DE BOI.

1 PEDAÇO DE TÁBUA COM DOIS PALMOS DE COMPRIMENTO.

7 PREGOS VIRGENS.

PÓ DE *CINZA VEGETAL.

1 METRO DE MORIM PRETO.

 

Abra a língua do boi ao cumprido e ponha o nome do nefasto dentro da língua.A seguir,ponha a língua em cima da tábua,feche toda a abertura com os pregos.Ponha a língua no morim e assopre as cinzas.Faça uma cova e enterre no pé de uma mangueira

 

 

 

 

 

 

 

 

DESFAZER MANDIGAS E FEITIÇOS.

 

7 PEDAÇOS DE CARNE CRUA.

3 VELAS AMARELAS.

7 OVOS CASCA BRANCA.

1 GARRAFA DE VIDRO DE CACHAÇA.

1 PORÇÃO DE ENXOFRE EM PÓ.

1 MORIM VERMELHO.

.

Em uma noite de lua cheia,vá a uma encruzilhada aberta e entregue ao Sr Xorokê este ebó da maneira a seguir:

Faça as conjurações.

Coloque o morim no chão em forma triangular.

Coloque os sete pedaços de carne crua disposta sobre o pano.

Com a mão esquerda quebre um ovo para cada pedaço de carne.

Pulverize o pó de enxofre sobre os ovos e as carnes.

Acenda as velas na volta.

Após sete dias retorne na mesma encruza,faça as conjurações e acenda uma vela branca.-

Atenção:Não pulverise o enxofre após acender as velas,pois pode explodir.

 

 

 

DESMACHAR MACUMBA.

 

Xorokê,agora quero ver,

as quizilas estão no ponto,

eu as entrego a você,

aquilo que mais quero

eu recebo de você ,

nas terras vicieiras

grande rei é Xorokê.

 

 

 

PARA CORTAR DOENÇAS.

 

MATERIAL:

FARINHA DE MANDIOCA.

MEL.

TRÊS BIFES DE CARNE DE PORCO, CRUS.

TRÊS VELAS BRANCA.

TRÊS OVOS CASCA BRANCA. CRUS.

TRÊS MANGA MADURA.

TRÊS VELAS DE SEBO.

9FOLHAS DE JORNAL.

 

PREPARO:

Junte a farinha, o mel e faça uma farofa.Abra as mangas e retire o miolo,tenha o cuidado de deixa-la firme.Coloque um pouco dessa farofa em cada banda da fruta,com um bife por cima,feche a fruta.Após enrole em três folhas de jornal cada fruta.

Passe simbolicamente cada trouxa no corpo da pessoa doente iniciando na cabeça e indo até os pés.

Passe os ovos simbolicamente da mesma maneira que as trouxas.

Faça o mesmo com as velas brancas.

Após leve tudo até uma encruzilhada perto de um cemitério ou campina, arreie os pacotes, quebre as velas em três partes e quebre os ovos, acenda as velas de sebo pedindo ao seu EXU MANGUEIRA que afaste a doença e a peste que esta incomodando.

Não passe pelo local durante 13 dias.

DIA:Quinta-feira

 

 

 

 

 

FRAQUEZA NAS PERNAS.

 

MATERIAL:

FARINHA DE MESA.

AZEITE DOCÊ.

MEL.

MEIO COPO DE ARROZ BRANCO. CRU.

MEIO COPO DE FEIJÃO FRADINHO. CRU.-MEIO COPO DE MILHO VERMELHO. CRU.

MEIO COPO DE FEIJÃO VERMELHO. CRU.

UM METRO DE PANO BRANCO.

SETE OVOS DE CASCA BRANCA.

7 velas pretas.

1 vela verde com preto.

 

PROCEDIMENTO:

Faça uma farofa com a farinha de mandioca, o azeite doce e o mel. Acrescente o arroz, os feijões e o milho. Enrole no pano. Faça uma trouxa e passe ela na pessoa doente, fazendo seus pedidos a EXU MANGUEIRA sobre saúde. Em seguida passe os sete ovos, dando prioridade as pernas.

Vá até uma encruzilhada na mata, se não for possível, procure um local onde haja pelo menos uma árvore frondosa e sem espinhos, arreie a trouxa e quebre os ovos em cima, bem como as velas pretas. Acenda a vela verde com preto.Saia de costas dando três passos e não olhe para trás.

DIA:Quarta-feira.

HORA:Entre 12 e 18 horas.

 

 

VITIMA DE MACUMBA FORTE

 

MATERIAL-

UM METRO DE MORIM BRANCO.

OITO VELAS BRANCAS.

SETE OVOS CASCA BRANCA.

UM BIFE DE CARNE DE PORCO,CRUA.

UM BIFE DE CARNE DE BOI,CRUA.

UMA SARDINHA FRESCA.

UM POUCO DE PIPOCA.

MACAPÁ.,MANJERICÃO OU SAIÃO.

UMA VELA ROSA de trinta cm.

 

PROCEDIMENTO:

Passe o morim pelo seu corpo, de cima para baixo e abra-o no chão,à sua frente; faça o mesmo com as velas, quebrando-as depois e coloque dentro do morim. Vá passando os demais ingredientes no seu corpo, da cabeça aos pés,pedindo para EXU MANGUEIRA cortar toda demanda que exista contra você. Feche o morim, dando-lhe um formato de trouxa.

Jogue a trouxa por cima do muro do cemitério e saia sem olhar para trás.

Ao chegar em sua casa tome um banho de higiene com sabão de coco.

após tome um banho de descarrego com as folhas de macapá, manjericão ou saião.

 

ARRUMAR NAMORADO(A)

 

MATERIAL

  • TRAVESSA DE LOUÇA BRANCA.
  • 1 MANGA VERDE.
  • 1 PAR DE ALIANÇAS.
  • VERBENA(ESSÊNCIA)
  • FOLHAS DE ALECRIM.
  • MEL.
  • 3 ROSAS BRANCAS.
  • MEIO METRO DE FITA BRANCA ACETINADA.
  • MEIO METRO DE FITA VERMELHA.
  • 1 VELA BRANCA.

PROCEDIMENTO:

Abra A manga, amarre seu nome e o da pessoa amada nas alianças com fita acetinada. Coloque dentro do manga e complete com mel e as folhas de alecrim.

Ponha a manga dentro da travessa, amarre com fita vermelha e cubra com pétalas de rosa. Borrife com a verbena. Arreie em uma campina fazendo seus pedidos de amor para EXU MANGUEIRA .

DIA:Sexta-feira

HORA:Entre 18 e 21 horas.

 

 

PEDIDO DE AJUDA

 

MATERIAL:

UMA PANELA DE BARRO.

UM PEDAÇO DE CARNE DE BOI.

UMA CEBOLA.

UM TOMATE.

UM PIMENTÃO VERDE.

AZEITE DOCE.

14 FOLHAS DE ALFACE.

UMA MANGA.

 

 

PROCEDIMENTO:

Corte a carne de boi em pedaços e cozinhe, a seguir tempere com azeite doce, cebola, tomate e pimentão picadinhos.

Deixe esfriar e coloque na panela de barro, forrada com folhas de alface, no centro, ponha a manga inteira.

Leve para um campo ou mata e ponha embaixo de uma mangueira, palmeira ou bananeira, chamando pela falange do EXU MANGUEIRA, em nome de OXOSSI.

DIA:Quinta-feira

 

 

ACABAR COM AS BRIGAS.

MATERIAL

1 MANGA AVERMELHADA.

SINAL DA PESSOA ENVOLVIDA.

1 ALIANÇA[bijuteria].

25 CM DE FITA LARGA AMARELA.

25 CM DE FITA LARGA AZUL.

25 CM DE FITA LARGA VERMELHA.

1 VELA AZUL.

1VELA AMARELA.

1 VELA DE SEBO.

 

 

 

 

PROCEDIMENTO:

Corte a manga ao meio, retire o miolo e coloque dentro o nome, ou retrato, ou cabelo juntamente com uma aliança, a aliança que pode ser de bijuteria.

Prenda as duas partes da frutas amarrando em fitas amarelas, azul e vermelha.

Acender uma vela azul para CIGANA MADALENA. Uma vela amarela para OXUM OPANDÁ e a de sebo para EXU MANGUEIRA .

DIA:Quinta-feira.

HORA:Entre 18 e 23h45 horas

 

 

NOMES DE  CIGANOS

 

: pietriK

Nadja

: pietrike

ag`lartee

artemio

borist

bartholomehu:

brumdimytriu

: gorky

: gallarcio

 Hidalgo

 heronn

 hélder

 hhjerculamno

 idaylio

: klauss

: krygor

 luigio

 nicolya

 nicolay

 

 

NOMES E SOBRE NOMES CABALISTICOS

 

MARABÓ: PUT SATANAKIA                               

EXU MANGUEIRA: ALIERAPS

TRANCA RUA : TARCHIMACHE

TIRIRI: FLERUTY

VELUDO : SAGATHANA

EXU DOS RIOS : NESBIROS

CALUNGUINHA DO MAR : SYRACH

CAVEIRA: SERGULATH                                                      

EXU MEIA NOITE: HAEL                                                 

SETE ENCRUZILHADA: ASCHTAROTH

EXU TATA CAVEIRA : PROCULO                                      

TIRIRI DA CALUNGA : APANADÁ                                   

EXU PIMENTA : TRIMASAEL                                                   

EXU SETE CATATUMBA : ANDRAS                                                

SETE COVAS : BELFEGOR                                                    

EXU MARE: PENTAGNONI                                                  

EXU QUEBRA GALHO: BAECHARD

EXU SETES CRUZES: FRIMAST

EXU TRONQUEIRA : MERIFILD

EXU SETE POEIRA: CLISTHEREST

EXU SETE PEDRAS : HISPOCTH

EU GIRA MUNDO: SILCHARDE

EXU DOS CIMENTERIOS : HUMAST

EXU  MORCEGO: FRUCISSIERE

EXU SETES PORTAS: GULAND

EXU  PRETA NEGRA: SUGAT

EXU CAPA PRETA : CLAUNECH

EXU MARABÓ: HUICTGOROS

EXU BRASA: HARISTUN

EXU BRASA : SERGUTH

EXU SETE CAMINHOS : THARITHIMASA                                                             

ZÉ PILINTRA : SCOX

EXU VELUDO ALMA: SAGATHANA

TRANCA RUA DAS ALMAS : TARKEMACHE

EXU TRANCA RUA : ARCHITMACHE

VELUDO CRUZEIRO: SWAHILI

EXU MANGUEIRA : AGALIERAPS

 

 

 

 

 

 

 

ROSA VERMELHA : SULAMITA

MARIA PADILHA KLEPOTH

MARIA MULAMBO MUSIGTHANA

MARIA QUITERIA LAMIA

MARIA MULAMBO  ALUCA

DAMA DA NOITE NOCTILUCA

POMBA GIRA DAS ALMAS RUSALKIS

POMBA GIRA DA CALUNGA LAMASTU

POMBA GIRA MENINA VIESCHTITSA

POMB GIRA RINHA PITITIS

SETE SAIA UBANDI

CIGANA SETE SAIA DCRAF

PADILHA : IORUBANA

POMBA GIRA DA PRAIA WIESCHTISA

 

 

 

Rating: 2.7/5 (141 votos)



Partilhe este Site...